Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Agosto, 2009

Poluição da Ribeira de Cernache

(Artigo Publicado no Diário de Coimbra em 24 Junho 2006)

Para quem nasceu na cidade e para os “distraídos”, talvez pouco valor encontrem nas coisas do campo. No tempo em que não havia fast-food, piscina, fóruns nem ciberespaço com tecnologia de ponta, o Verão era passado em grandes pescarias e belos mergulhos no açude mais próximo.

Nos dias que correm isto tornou-se missão impossível! Os rios e ribeiras deixaram de ser o que eram para se transformarem numa qualquer “Ribeira dos Milagres”. Depois de muitos rios de tinta em torno do tema Ambiente e Ecologia, depois de criados tantos Organismos, Ministérios, Comissões, tudo para o zé-povinho contribuinte pagar, é escandaloso o que se vem passando na Ribeira de Cernache, com as constantes descargas poluentes da Etar de Vila Pouca (Cernache – Coimbra).

É lamentável que tenham que ser os particulares a mendigarem junto de tudo quanto é instituição/organismo para solucionar o problema. Pois não fazemos nós parte da Comunidade Europeia e por isso vinculados e comprometidos a criar soluções para os problemas ambientais? Pois não temos uma Constituição que nos responsabiliza a todos com o ambiente e o desenvolvimento sustentado no seu Artº 66? Qual quê! São as próprias empresas criadas à sombra do Estado que prevaricam impunemente escudando-se à sombra de procedimentos legais morosos tão tipicos do nosso Direito!

Ainda que o problema não seja recente, há cerca de um ano conseguimos mobilizar algumas entidades do concelho de Condeixa e de Coimbra, perante continuadas descargas de lamas pútridas que corriam constantemente e por vários dias. Confrontados com a situação, responsáveis da ETAR negaram e continuam a negar serem os autores das descargas, alegando desculpas infelizes, como se a jusante pudesse haver uma fonte poluidora de tão grande dimensão! Se houveram desenvolvimentos posteriores, não chegou feed-back ao nosso conhecimento, mas no entanto registamos com apreço o empenhamento da Provedoria do Ambiente e Qualidade de Vida Urbana de Coimbra e do SEPNA (GNR).

Um ano volvido, voltaram as descargas com a mesma intensidade e frequência . Há vários dias que as águas são baças, amareladas e espumosas, com um cheiro fétido que varia entre o fedor a bicho morto e a pesticida forte. Imaginem o que nós passamos nos dias de calor com este “perfume” a passar debaixo das nossas casas e a entrar por elas dentro! Sim, esta é uma zona de moinhos de água e alguns ainda em funcionamento, e são várias as habitações em cima da linha de água.

Esta lamentável situação tem acarretado graduais e definitivas mudanças nas várias espécies de animais que faziam destas águas o seu habitat: deixámos de ver libélulas e libelinhas a zurzir o ar; deixámos de ver alfaiates e costureiras a ziguezaguear à superfície das águas e deixámos de ouvir o coaxar das rãs e das relas. Dos peixes nem vale a pena falar! Para quem não souber, estas águas vão direitinhas ao Paúl de Arzila, que por este andar, um dia há-de transformar-se num grande esgoto.

Se entretanto, com tantos apelos e entidades envolvidas, este assunto não tiver solução definitiva, valha-nos o choque tecnológico do Snr. Engenheiro Sócrates, se nele vier incluída uma varinha que tenha o condão de nos voltar a transformar a água em água.

Fernanda Monteiro/Manuel Nujo
Junho 2006
Anúncios

Read Full Post »

Uma espreitadela às listas de Vasco Figueira…

Traição é não jogar com a prata da casa
Traição é não jogar com a prata da casa

A equipa do Vasco, fiel aos seus adeptos, entra em campo só com jogadores da terra… Só assim se garante um jogo limpo e bem disputado com amor à camisola e  bairrismo…nada de mercenários. Mercenários a soldo, só na Legião Estrangeira.

Nas Autárquicas, jogar com jogadores que nem moram no concelho, nem votam cá, é uma traição às gentes de Condeixa e à Autarquia.   Pior ainda, não reconhecer o mérito da prata da casa,  deixá-los no banco e  permitir aos de fora fazer flores…é inqualificável. Já se viu rasgar cartões por menos.

Não pactuem com as traições, mudem de clube, sejam bairristas defendam Condeixa e apostem nos jogadores da casa.

Não residentes e não votantes no concelho, podem entrar na Câmara  sim senhora: como funcionários…ou como visitas, e se gostam tanto de política e são tão bons porque é que não entram nas listas  lá da terra deles? Porque se calhar lá mora gente mais inteligente e esperta…

Read Full Post »

Vasco Figueira online

A candidatura de Vasco Figueira, à Câmara Municipal de Condeixa, estará disponível na internet a partir do dia 1 (?) de Setembro em www.vascofigueira.com

paginavasco

Read Full Post »

Recomenda-se uma visita ao Mosteiro de Santa Clara a Velha.

Devido ao alagamento provocado pelas cheias do Rio Mondego, o mosteiro ficou arruinado e foi abandonado.

Em 1991 foi iniciado um ambicioso projecto de recuperação e valorização da ordem dos 7,5 milhões de euros.

O mosteiro abriu as portas ao público em Abril de 2009, com um novo centro interpretativo que acolhe a história do sítio.

Este novo centro consiste num edifício de mil metros quadrados, com funções museológicas, dotado de um auditório, salas de exposições, uma loja e uma cafetaria.

Mosteiro e Torre da Universidade ao fundo

Mosteiro e Torre da Universidade ao fundo

O preço do bilhete não é desculpa para não visitar: aos Domingos e feriados da parte da manhã a entrada é gratuita.

O acesso ao complexo faz-se  por nascente (do lado do ex-Liceu D. Duarte) e tem parque de estacionamento.

A exposição museológica está espectacular, muito bem organizada e curiosamente todos os textos de apoio estão em português. No Mosteiro a área visitável aumentou substancialmente.

Recomenda-se vivamente. Vai ver que dará por bem empregue o seu tempo.

Read Full Post »

Biblioteca Municipal de Condeixa

Entre Livros

5 de Setembro 2009 às 21h30

José Craveiro, com 53 anos e natural de Tentúgal, começou por ouvir histórias ao colo da sua bisavó Glória do Amaral, numa era em que não havia televisão, nem se ouvia rádio. Foi ela que estimulou o seu gosto pela cultura popular de tradição oral.

Curandeiro e dono de um restaurante conhecido pela deliciosa confecção de pato assado, José Craveiro percorre todo o país encantando adultos, crianças e velhos com os seus contos e ditos populares.

Sessão de contos para público em geral

ENTRADA GRATUITA

Hora do Conto
Baralhando Histórias
Gianni Rodari (texto) e Alessandro Sanna (ilustração)

(…) – A sua Mãe chamou-a e disse-lhe:
” Olha Capuchinho Verde…”
– Não, Não, Vermelho!
– Ah sim,Vermelho.(…)
(…) A menina foi-se embora pela floresta e encontrou uma girafa.
– Que Disparate!
Encontrou um lobo, Não era uma girafa.(…)

29 de Agosto de 2009 às 16h30
Biblioteca Municipal de Condeixa

ENTRADA GRATUITA

Ciclo de Cinema

Valmont
de Milos Forman

Na França do século XVIII, nada resiste às investidas de sedução da Marquesa de Merteuil e do Visconde de Valmont, nem a jovem virtude de Cécile de Volanges, nem o recato da Presidente de Tourvel, nem os puros sentimentos do cavaleiro de Danceney. Sob os lustres da Ópera e a folhagem dos parques, no secretismo das alcovas e nas cartas enviadas às escondidas, a comédia do amor ostenta os seus jogos, as suas máscaras e os seus ardis.

Mas para lá do xadrez das estratégias libertinas tece-se uma rede de ternuras e desejos mais profundos. Ligados pelos seus conluios e segredos, Merteuil e Valmont reinam nos salões e nas antecâmaras duma aristocracia que ignora que o seu fim se aproxima. Verdadeiros donos do mesmo território, estes virtuosos da intriga amorosa acabarão por se enfrentar. E nesse duelo impiedoso, um sentimento sincero é uma falha mortal.

29 de Agosto de 2009 às 16h30
Biblioteca Municipal de Condeixa

ENTRADA GRATUITA

fonte: Câmara Municipal de Condeixa

Read Full Post »

A CPCCRD

Mais uma ajudinha…para estimular o associativismo.

Um sítio a visitar – A Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto. Lá encontra informação que poderá ser útil à sua Associação

Cpccrd

Read Full Post »

A ADRM do Avenal

Aqui vai mais uma ajudinha…para reforçar o associativismo e não deixar cair as coisas.

Só o gostar é pouco, tem que haver liderança, ordem e projecto de futuro apoiado pelos sócios para garantir a continuidade com qualidade. Qualquer colectividade assenta em três pilares: Direcção, Assembleia e Conselho Fiscal. Há que fazer esforços para instituí-los.

Compreende-se o voluntarismo das pessoas que lutam contra a falta de associativismo, mas têm que compreender também os outros…há que unir esforços e juntar todos em volta dum objectivo comum: criar condições que garantam a sobrevivência a longo prazo e transmitir o património para as gerações futuras com projectos consolidados.

Dizer mal por dizer e não aceitar sugestões e opiniões é uma grave falha que só terá como resultado o afastamento das pessoas. Há que repor a legalidade democrática, juntar vontades, bairrismo e orgulho pela terra.

Hoje damos a conhecer a ADRM do Avenal, não no Sebal, mas na freguesia de Vilar concelho de Cadaval. A informação está disponível na página da Junta de Freguesia de Vilar. Este é o exemplo típico de uma das muitas Associações Culturais e Desportivas que existem pelo nosso país. Apresenta uma característica diferente e  interessante – os Melhoramentos.

Um interessante exemplo a seguir por quem assim o entender e que envolve toda a população do lugar. Além de gerir  a Associação, é responsável pela festa anual da aldeia e tem uma palavra a dizer nos melhoramentos lá da terra.

A ADRM do Avenal

A Associação Desportiva Recreativa e de Melhoramentos do Avenal é uma colectividade que foi fundada a 24 de Maio de 1978, fruto de muito trabalho, empenho e força de vontade de todos os seus habitantes. Tem neste momento cerca de 700 associados.

Ao nível cultural e recreativo, o Carnaval é um dos grandes pontos de referência que, para além de divertir todos aqueles que assistem aos espectáculos e já lhe atribuem um elevado grau de qualidade, faz com que o espírito de união impere sobretudo nas camadas mais jovens do Avenal.

De salientar, também, a secular festividade de Cantar e Pintar os Reis que se realiza ano após ano!

A prova de motocross que contava para o Campeonato Nacional da modalidade e que decorria sempre no fim da semana da Páscoa, era o evento desportivo mais significativo organizado pela associação.

Sede:
Rua Principal,
n.º 23,
Avenal,
2550 – 061 Vilar CDV

Actuais Corpos Gerentes da ADRM do Avenal

Presidente –  William Germano Rodrigues
Vice-Presidente – Valdemar da Conceição Garcia
Tesoureiro – Élio Narciso António

1º Secretário – Vitorino Correia Garcia
2º Secretário – Ezequiel Ferreira Leandro
Vogal – Joaquim Manuel da Conceição Vitorino
Vogal – Veríssimo Nunes António

Conselho Fiscal

Presidente – Humberto Nunes António
Relator – Valter Nunes do Carmo
Secretário – Luís Fernando Jesus Ramos Simplício

Assembleia Geral

Presidente – Marco Jorge Cordeiro Duarte
1º Secretário – José Armando Lino
2º Secretário – Isaac Gonçalo Amaro Rodrigues

Read Full Post »

Older Posts »